Pacote do festival

Ensolarado

Plein soleil
1959 | 1 h 59 min

O filme que você está tentando ver não tem direitos de difusão para o país onde você se encontra

Longa-Metragem 

Um bilionário americano, Greenleaf, envia à Itália um tal de Tom para que ele traga para a América seu filho, Philippe, que leva uma vida tão prazerosa quanto inútil em companhia da sua amante, Marge. Se Tom alcançar seu objetivo, receberá cinco mil dólares. Philippe despreza Tom e não deixa de humilhá-lo. Este entende que nunca convencerá Philippe a voltar. Mas isso não importa, porque agora ele tem ambições ainda maiores. Ele causa desavenças entre Philippe e Marge, e mais tarde, sozinho em um iate com o jovem ocioso, ele o mata e o joga na água. Ele falsifica o passaporte de Philippe, copia sua assinatura e esvazia a sua conta bancária. Mata também um amigo de Philippe que suspeita dele. Ele assume a identidade de Philip com o seu futuro assegurado. Ele até assume o lugar de Philippe na cama de Marge. O iate de Philippe é retirado da água e seu corpo aparece, de repente, sob o casco ante os olhos atônitos de todo mundo.

 © Fiches du Cinéma


Veja mais

Um bilionário americano, Greenleaf, envia à Itália um tal de Tom para que ele traga para a América seu filho, Philippe, que leva uma vida tão prazerosa quanto inútil em companhia da sua amante, Marge. Se Tom alcançar seu objetivo, receberá cinco mil dólares. Philippe despreza Tom e não deixa de humilhá-lo. Este entende que nunca convencerá Philippe a voltar. Mas isso não importa, porque agora ele tem ambições ainda maiores. Ele causa desavenças entre Philippe e Marge, e mais tarde, sozinho em um iate com o jovem ocioso, ele o mata e o joga na água. Ele falsifica o passaporte de Philippe, copia sua assinatura e esvazia a sua conta bancária. Mata também um amigo de Philippe que suspeita dele. Ele assume a identidade de Philip com o seu futuro assegurado. Ele até assume o lugar de Philippe na cama de Marge. O iate de Philippe é retirado da água e seu corpo aparece, de repente, sob o casco ante os olhos atônitos de todo mundo.

 © Fiches du Cinéma

Ce film n'est pas disponible à l'achat à l'unité ni dans l'offre Pack Festival

Legendas disponíveis :
Alemão | Árabe | Chinês | Inglês | Espanhol | Francês (integramente) | Italiano | Japonês | Polonês | Português | Russo | Turco

A visualização dos filmes e as legendas é também compatível com a maioria dos tablets e celulares recentes

Fotos (11)

Realizado por :
René Clément

Com :
Alain Delon
Maurice Ronet
Marie Laforêt
Erno Crisa

todas as informações sobre  UniFrance.org 

Sobre:

Acolhida

Ensolarado foi elogiado pela crítica e transformou Delon numa estrela. Em 1962, Clément e Paul Gégauff ganharam o prêmio Edgar da Mystery Writers of America de Melhor Roteiro Estrangeiro. O filme goza de seguidores leais que o seguem até hoje, com fãs como o diretor de cinema Martin Scorsese.

Roger Ebert deu três estrelas a Ensolarado (em comparação com a crítica de quatro estrelas que ele deu à versão de 1999 de The Talented Mr. Ripley), escrevendo que “a melhor coisa do filme é a forma como o enredo concebe a maneira como Ripley cria um disfarce perfeito”, mas criticou “o final nada satisfatório”, sentindo que “Ensolarado termina assim apenas porque Clement não tem os nervos de aço de Highsmith”.

James Berardinelli, porém, classificou melhor Ensolarado do que The Talented Mr. Ripley, dando-lhe uma avaliação de quatro estrelas (em comparação com duas estrelas e meia para The Talented Mr. Ripley). Berardinelli elogiou a atuação de Delon, dizendo que “Tom é fascinante por causa de Delon”, e também elogiou o filme por “um grande trabalho de câmera e uma direção nítida.” Berardinelli colocou Ensolarado em sua lista All-Time 100, e o comparou com o filme de 1999: “O remake voltou ao material de origem, The Talented Mr. Ripley, de Patricia Highsmith. O resultado, embora seja provavelmente mais fiel aos eventos do livro de Highsmith, é muito inferior. Dizer que sofre em comparação a Ensolarado é uma declaração suavizada. Quase todos os aspectos do filme de René Clement, de 1960, são superiores aos da versão de 1999 de Minghella, desde a filmagem até a atuação e o roteiro. Matt Damon pode fazer um credível Tom Ripley, mas apenas para aqueles que nunca viram a representação de Alain Delon”.

A opinião de Highsmith sobre o filme foi mista: ela achou que Alain Delon estava “excelente” no papel de Tom Ripley, e descreveu o filme em geral como “muito lindo visualmente e interessante para o intelecto.” No entanto, ela criticou o final, no qual fica implícito que Ripley é preso pela polícia: “Foi uma terrível concessão à chamada moralidade pública que requer que o criminoso seja pego.”

Fonte: Wikipedia

Realizado por :
René Clément

Com :
Alain Delon
Maurice Ronet
Marie Laforêt
Erno Crisa

todas as informações sobre  UniFrance.org 

Pacote do festival